E começa 2011!

 

Então, começamos 2011… e como sempre sentimos aqueles clichês de todo início de ano-novo… ” – como o ano passou rápido!” “- O ano passou e eu não fiz nada decente” “-neste ano novo tudo vai ser diferente, vou fazer tudo que não fiz” e tantos outros exemplos….

Então espero que neste ano os dizeres passem de palavras vazias para verdades absorvidas por cada um…

 

Para começar o post neste início de ano, e inaugurando esta categoria vou postar um texto sobre as máscaras que vestimos todos os dias quando acordamos…

 

As pessoas usam diversos tipos de máscaras,  muitas vezes durante o dia, dependendo da situação enfrentada. É um mecanismo de defesa que o homem adquiriu para se defender contra as “batalhas morais” que enfrentamos diariamente para viver em sociedade.

 

Normalmente as pessoas carregam consigo várias máscaras, mas a distinção que eu gostaria de fazer sobre ela é no recorte de que existem 2 tipos delas: aquelas que “escolhemos” conscientemente, que propositalmente, de caso pensado, vestimos para adaptarmos às dificuldades que aparentemente a sociedade nos impõe. Porém, não devemos colocar a culpa na sociedade por nos escondermos atrás de máscaras e sim em nossas fraquezas que devem ser enfrentadas.

O outro tipo, é aquele criado pelo ego acaba por enganar a nós mesmo, se chega a acreditar que aquilo é verdade, e somente após algum tipo de conscientização, que deve partir de nós mesmo, conseguimos discernir o que é máscara e o que somos realmente.

Devido a isto é extremamente necessário o auto-conhecimento, sabermos exatamente quem somos, do inicio ao fim, excluir o ego, os conceitos morais e éticos vigentes, os costumes, tudo aquilo que inibe quem realmente você é…

Quando você exclui estes grilhões, o que sobra em sua vida? Por mais que essa visão não lhe agrade, tenha claramente em sua cabeça quem você é.

Não almejo aqui que as máscaras caiam, porque seria utópico pensar assim. O ser humano se tornou dependente das máscaras, e nem todos estão preparados para se livrar delas, mas o primeiro passo pode e deve ser feito por todos. O auto conhecimento é necessário! Cada detalhe de você deve estar claro em sua mente, mas.. Cuidado! O ego tentará ludibriar você! Tentará engana-lo! Dirá em seu ouvido: Como seria legal sermos assim! Sejamos desta forma que as conseqüências serão boas para nós! É desta forma que os outros gostariam que fossemos vistos! É desta forma que eu gostaria de ser visto pelos outros…. FUJA destas vozes em seus ouvidos! Elas lhe tirarão do caminho da para a liberdade.

Esteja sempre preparado para aceitar que tudo aquilo que você acredita poderá cair por terra e ser totalmente o contrário. Devemos ficar alegres quando isto acontece, quando este renascimento ocorre, provavelmente se está avançando, e não mais estagnado em bases sólidas e estáticas. Fujam do estático! O mundo é dinâmico! A vida é dinâmica! você deve fluir com a vida, seguir com a corrente da vida e não ir contra ela. Bom, voltando as máscaras…

O objetivo deste post é puramente despertar no leitor a necessidade do auto conhecimento! da auto avaliação! Descubra quem você é! E principalmente cuidado com o Ego. Juntamente com a moral, o ego é o pior inimigo que podemos encontrar em nosso caminho. Seja superior a ele. Supere o ego, e tenha um vislumbre de uma vida livre de grilhões!

Este foi o primeiro post desta categoria, ainda não sei se vou manter a linguagem mais informal ou formal, isso só o tempo irá revelar…

Não sou nem nunca vou ser o dono da verdade, porém me reservo o direito de escrever aqui aquilo que acho útil compartilhar com vocês…

 

Abraços

 

Felipe Albornoz

5 Respostas to “E começa 2011!”

  1. Achei o texto bacana,profundo e atual bom pra reflexão.Deixo uma dica de leitura,onde o livro nos mostra a inteligência emocional de Cristo e outros,cita as tais janelas “killers”,semelhante ás vozes que vc cita no texto,o livro NUNCA DESISTA DE SEUS SONHOS(Augusto Curi).

  2. Dizia sócrates “A maneira mais fácil e mais segura de vivermos honradamente, consiste em sermos, na realidade, o que parecemos ser”, talvez tenha algo de positivo neste pensamento, o problema é que algumas pessoas tem uma idéia tão confusa de como devem se comportar para serem bem vistas, que fingem comportamentos absurdos, bobos, cruéis, e inúteis..
    Alguns dizem que melhor é sermos como gostariamos de ser, outros, que melhor é sermos como somos no íntimo, mas eu creio que melhor é sermos da maneira que mais favoreça ao maior número de indivíduos possíveis, incluindo a nós obviamente.

  3. monica ilha albornoz Says:

    oii… forte este texto…!!!Mas tem verdades…!!! Posso te dizer com minha experiencia de vida, que temos que aprender a lidar com essa máscara no nosso dia a dia…!!! Manter o equlibrio, o bom senso e a compreenssão as vezes em situações fracas ou frageis, choques de cultura e conhecimento, as vezes sem culpa, mas que existem a todo momento!! o que não podemos é anularnos totalmente, e seguir compartilhando coisas inteligentes como que plantando mais sementinhas para uma evolução melhor das pessoas deste mundo! bju

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: