Arquitetura Desconstrutivista

Olá,

Navegando pela net, encontrei a notícia de um novo arranha-céu de Nova York. Achei muito interessante o visual do prédio, e fui pesquisar outras “obras de arte arquitetônicas” e achei coisas impressionantes…

Seguem as imagens deste novo prédio e de outros pelo mundo que impressionam!

Construído pelo renomado arquiteto canadense Frank Gehry, o arranha-céu se chama “The Beekman Tower” e tem ondulações inspiradas nas dobras dos tecidos retratados pelos pintores renascentistas.

Agora vou explicar sobre o termo “Arquitetura Desconstrutivista”

Desconstrução: termo que surge pela primeira vez em um texto de E. Husserl, trata a desconstrução como decomposição, desmontagem dos elementos da escrita de modo a se descobrir partes de um texto que estejam dissimuladas. (ponto!)

A partir do termo, o conceito de desconstrução é elaborado por Jacques Derrida, filósofo, afirma que as palavras não possuem a capacidade de expressar tudo o que se quer por elas exprimir, de modo que palavras e conceitos não comunicam o que prometem e assim, são capazes de serem modificados no pensamento. Sendo assim, o que vemos, ouvimos e dizemos só poderia ser de fato uma verdade imutável, se aceitarmos desconstruir, encontrar a essência, tirar o ambíguo e despertar os sentidos.

Em outras palavras, seria como dizer que para sentir o que um texto, uma obra de arte, ou no nosso caso, uma edificação quer realmente lhe transmitir, fosse preciso que os excessos fossem retirados e o essencial lhe causasse uma inquietação, despertasse uma curiosidade, vontade diferente de querer saber, descobrir .

Na arquitetura, não apenas baseada na filosofia de Jacques, diz-se que o desconstrutivismo também possui raízes no construtivismo Russo, sendo que o construtivismo russo prega o uso das formas geométricas puras e, o desconstrutivismo pega essa forma, desmonta, remonta, desconstrói, transforma e, como os construtivistas, ainda considera a simplicidade de tais formas como sendo a essência de suas obras. Peter Eisenman, em um estudo de tal conceito desenvolveu as casas de I à XI, bem como a Casa Guardíola, que se desenvolve através da desconstrução de um cubo e cria planos em ‘L’ que se interpoem.

Casa Guardíola - Peter Eisenman
                                                                              Casa Guardíola – Peter Eisenman

Algum outros exemplos:

Seattle Central Library, Seattle e CCTV Headquarters, Pequim – Rem Koolhaas

                       Lou Ruvo Center, Vegas – Frank Gehry e BMW Headquarters, Munich – Coop Himmelblau

 

Dancing Towers, Dubai – Zaha Hadid e Park de la Villete, Paris – Bernard Tschumi

Museu da Imagem e do Som, RJ

MGM Center – Libeskind

Casa dançante – Frank Gehry

Outros prédios bem malucos:

Habitat 67 – Localizado em Quebec no Canadá

Urban Cactus High Rise

Nakasin Capsule Tower 

Então era isso por enquanto,

ABraçs

Anúncios

3 Respostas to “Arquitetura Desconstrutivista”

  1. Mais geniais que os arquitetos que projetaram são os engenheiros que conseguiram contruir da forma como foi projetado!

  2. O movimento Deconstrutivista é uma faceta bastante curiosa da arquitetura. Um movimento que tem como proposta se opor ao modernismo ortogonal e minimalista proposto por Corbusier.
    Mas, sinceramente acredito que o deconstrutivismo é uma arquitetura transitória e cara. Acredito que ela servirá muito mais para influenciar novas tendências que hão de surgir no seculo XXI.
    De qualquer forma a arquitetura proposta pelos deconstrutivistas é bastante curiosa e causa, em muitas vezes, um sentimento de repulsa.
    Vale dar uma olhadinha no Museu do Holocausto, de Peter Eiseman, em Berlim… Deconstrutivista e claustrofóbica.
    Abs a todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: